Total de visualizações de página

sábado, 12 de dezembro de 2015

Barack Obama saúda "acordo forte" que pode representar viragem

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, saudou hoje a adoção de um "acordo forte" sobre o clima em Paris, capaz de representar "uma viragem" na luta contra as alterações climáticas.



"O problema não está resolvido graças ao acordo de Paris, mas este define um quadro duradouro de que o mundo precisa para resolver a crise climática", declarou Obama, a partir da Casa Branca.

Este acordo "cria o mecanismo, a arquitetura, para que possamos lidar sempre com este problema de forma eficaz", sublinhou.
Obama afirmou que o acordo de Paris, "ambicioso e imperfeito", mostrou "o que é possível", quando o mundo "se une". "Hoje podemos estar mais seguros de que o planeta vai estar em melhor forma para a nova geração".
O Presidente norte-americano fez da luta contra as alterações climáticas uma prioridade do segundo mandato, apesar da oposição da maioria dos republicanos nas duas câmaras do Congresso (Senado e Câmara dos Representantes).
"Este acordo representa a melhor oportunidade que tivemos para salvar o único planeta que temos", frisou Barack Obama.
A Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP21) aprovou um acordo global vinculativo entre 195 países, desenvolvidos e em desenvolvimento, que se comprometem a caminhar para uma economia de baixo carbono e tomarem medidas para limitarem o aquecimento global da atmosfera até 2100 a 1,5 graus centígrados, em relação aos valores médios da era pré-industrial.
Fonte: NM

Nenhum comentário: