Total de visualizações de página

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Porto do Funchal ultrapassa o meio milhão de passageiros

O Porto do Funchal recebeu, nos primeiros onze meses deste ano, 500.671 passageiros, ultrapassando a meta apontada de meio milhão para 2015, disse fonte do Governo Regional da Madeira.



Segundo os dados da Secretaria Regional da Economia, Turismo e Transportes, esta é "uma excelente notícia que representa, neste indicador, um crescimento de 27 por cento, face ao período homólogo de 2014".

Em matéria de escalas, o porto do Funchal registou 262 entre janeiro e novembro, o que significa um crescimento de 12% em comparação com o mesmo período do ano passado.
Este departamento do executivo madeirense também salientou que se verifica um crescimento em "todas as variantes", tendo ocorrido "1.610 embarques no Porto do Funchal, mais 146 do que nos primeiros onze meses de 2014, assim como mais 166 desembarques do que no ano transato", o que contribuiu para a passagem de mais 1.771 passageiros pela região.
No que diz respeito ao mês de novembro, de acordo com os dados da secretaria regional do executivo madeirense, o porto do Funchal recebeu 52 escalas de navios de cruzeiro, num total de 85.902 passageiros, o que representou, respetivamente, acréscimos de 41% e de 38%, comparativamente ao mesmo mês de 2014.
A SRETC realça ainda que esta "tendência de crescimento é também visível no porto do Porto Santo", tendo a ilha registado quatro escalas, mais uma que no mesmo período do ano anterior, movimentando 1.856 passageiros - mais 975 passageiros, em relação aos meses em análise do ano passado.
O governo madeirense sublinha que, com mais de 300 escalas previstas, as perspetivas apontam que o Porto do Funchal vai "conseguir ultrapassar, até ao final do ano, os 550 mil passageiros, aproximando-se, assim, dos valores alcançados em 2012, o melhor ano de sempre".
"Face a estes resultados, 2015 é encarado, ao nível do turismo de cruzeiros na Região, como um ano de crescimento e recuperação", conclui a nota da Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura madeirense
Fonte: NM

Nenhum comentário: