Total de visualizações de página

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Zika: OMS reúne-se de emergência. Entre três a quatro milhões de casos

Instituição anunciou reunião de emergência para a próxima segunda-feira, dia 1 de fevereiro.

Está lançado o alerta mundial. Através do Twitter, a Organização Mundial de Saúde anunciou que se vai reunir de emergência no próximo dia 1 de fevereiro para determinar se o surto do vírus constitui uma emergência sanitária de alcance internacional.
O anúncio foi dado pela diretora-geral da instituição, Margaret Chan, que diz que a epidemia está "a propagar-se de forma explosiva" no continente americano,
A agência noticiosa Reuters acrescentou que existem entre três a quatro milhões de pessoas infetadas com o vírus.
A OMS dedicou uma sessão do conselho executivo, que está a decorrer esta semana em Genebra, ao surto do vírus Zika, que afeta mais de vinte países na América Latina. A situação mais grave é a do Brasil, onde o ministério da Saúde estima a ocorrência de entre 497.593 e 1.482.701 casos em 2015, incluindo 3.893 casos de microcefalia.
Também em Portugal, recorde-se, foram confirmados cinco casos esta semana, todos eles importados do Brasil, havendo no entanto um outro caso em análise de uma pessoa que voltou da Colômbia.
O vírus Zika foi detetado pela primeira vez na década de 40, em 1947, em macacos-rhesus na floresta Zika, no Uganda. Recorde-se que este é transmitido aos seres humanos por picada de mosquitos infetados e está associado a complicações neurológicas e malformações em fetos. Não se transmite de pessoa para pessoa.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) indica que "os sintomas e sinais clínicos da doença são, em regra, ligeiros: febre, erupções cutâneas, dores nas articulações, conjuntivite, dores de cabeça e musculares".
Fonte: NM

Nenhum comentário: