Total de visualizações de página

sábado, 13 de fevereiro de 2016

150 mil pinguins morreram na Antártida por causa de um icebergue

Colónia composta por 160 mil pinguins ficou reduzida a 10 mil em cerca de cinco anos.

O deslocamento de um icebergue do tamanho do Luxemburgo provocou a morte de cerca de 150 mil pinguins, conclui uma investigação citada pelo International Business Times.
O icebergue ficou alojado perto da colónia onde esta espécie de 'pinguins-de-Adelie' vivem, na Antártida, forçando-os a uma viagem de 60 quilómetros para encontrar comida.
Os pequenos animais de Cape Denison, na Baía de Commonwealth, tinham ao seu alcance uma vasta área de mar aberto, no entanto, em 2010, um icebergue gigantesco ficou preso na baía e como que ‘isolou’ a colónia.
Os 60 quilómetros que tinham que fazer para comer criaram um efeito devastador. De uma colónia de 160 mil pinguins naquela colónia, restam agora 10 mil, de acordo com uma investigação feita pela Universidade de Nova Gales de Sul, na Austrália.

A mesma equipa de investigação prediz que a colónia ficará extinta nos próximos 20 anos, caso o icebergue não quebre ou não se desloque.
Fonte: NM

Nenhum comentário: