Total de visualizações de página

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Enquanto todos viravam as costas, esta idosa estendeu a mão

"Sou mãe e ele precisava que alguém o confortasse", justifica a senhora idosa que confrontou o homem.

Há momentos que sem dúvida marcam a vida de uma pessoa. Este é talvez um deles. No Facebook foi partilhada uma história que o pode emocionar.
Na sua página pessoal do Facebook, Ehab Taha relatou o momento em que assistiu a um simples ato de bondade. Não envolve entrega de bens ou de valores monetários. Mas sim, o carinho de uma pessoa compreensiva. 
Uma mulher, com cerca de 70 anos, a dar a mão a um homem que demonstrava um comportamento agressivo. Esta é a imagem que pode ver acima, mas nada de estranho até agora.
O fundamental vem agora. Este homem estaria a experienciar um momento de pânico num metro. Os passageiros não sabiam ao certo do que padecia. E, de repente, começou mesmo a gritar e a agir de forma errática. Até que esta mulher estendeu a sua mão para o acalmar.
Eventualmente ele sentou-se ao seu lado e acalmou. O mais impressionante é que foi a única a tentar socorrê-lo, os restantes passageiros tentaram ignorar a situação, virando as costas.
“Vi a melhor demonstração de humanidade no metro. Um homem com cerca de 1,90 metros que deveria sofrer um problema mental ou ser viciado em droga. Ele estava a ser agressivo, a gesticular imenso, a dizer asneiras e a gritar. Enquanto todos demonstravam medo, esta mulher de 70 anos estendeu a mão. Agarrou firmemente a mão dele até conseguir que ele se acalmasse. Eventualmente sentou-se e as lágrimas escorreram pela sua cara. Falei com a mulher após o incidente e ela disse-me: ‘Sou mãe e ele precisava de alguém que o confortasse’. Ela começou a chorar. Não temam ou julguem um desconhecido: a vida não providencia bem-estar a todos os seus habitantes”, lê-se na publicação emocionante.
A história, entretanto, tornou-se viral nas redes sociais com quase 24 mil partilhas.
Fonte: NM


Nenhum comentário: